Feliz dia do amigo (mesmo atrasado)

Confesso que não sou dos melhores amigos. Esqueço de ligar, esqueço das visitas e não lembro de datas que geralmente são lembradas. Por vezes aparento ser um amigo ausente e esquecido (certo, sou esquecido mesmo!). Confesso que existem momentos em que eu desapareço, tomo ”chá de sumiço”, visto a capa da invisibilidade. Não me pergunte o por quê! Eu sou assim! Não é fácil se mostrar, pegar confiança, tirar as máscaras e as capas. É no momento em que nos despimos, tiramos a roupa e ficamos nus, que mostramos as nossas imperfeições, as cicatrizes e marcas que a vida nos fez e nos deu de presente. É muita coisa em jogo. Temos nossas desilusões, nossos sonhos que fracassaram, nossos defeitos, as invejas alheias, as mágoas. Aqui pra nós, nem todo mundo sabe ser amigo!

Quero agradecer aos muitos amigos que fiz (pela internet e pessoalmente), muitos
deles que conheci mais intimamente, de todos os que vieram
e se foram, mas muito obrigado por me ensinar o que é
ser amigo de verdade!

Anúncios

Quando a vida real imita o cinema

Sean Penn recebe Ariel Goldenberg em sua casa, em 2013. O ator norte-americano recebeu o ator brasileiro e sua mulher Rita Pokk, na sua residência em Los Angeles, EUA.
Na época do lançamento do filme nacional “Colegas”, foi realizada uma campanha de Ariel na internet para que Penn, seu ídolo, viesse ao Brasil para a première da película. Penn não veio, mas abriu a porta de sua mansão em Malibu para o brasileiro, para quem até fez churrasco.

O ator hollywoodiano, segundo o diretor Marcelo Galvão, pensou em viajar para o Brasil para encontrar Ariel e o elenco, mas não queria sua imagem ligada a nenhum tipo de patrocínio. Em compensação, Penn tirou da parede o certificado de sua indicação ao Oscar por “Uma Lição de Amor” e deu para Ariel com um pôster autografado. Ainda segundo o diretor: “Foi tudo de surpresa. O próprio astro atendeu e, como conhecia a campanha Vem Sean Penn, foi superbacana com Ariel”.

Ariel tornou-se fã do ator americano dada a sua interpretação brilhante no filme Uma Lição de Amor, no qual interpreta um pai com síndrome de Down.

Texto de Diego Vieira
Administração Imagens Históricas
postagem tirada do grupo do facebook Imagens Históricas.

Look do dia

Atualmente, podemos ver vários blogs com a temática look do dia, resolvi mostrar a minha indicação à vocês. Recentemente, olhando o site do Portal Administradores, uma notícia me chamou bastante a atenção:

Turco de 83 anos faz sucesso na web compartilhando “look do dia”.

Um turco de 83 anos, que se apresenta como Tio Ali, está chamando atenção na web com posts diários que seguem a mesma linha. A ideia foi de uma fotógrafa australiana, que costumava ver Tio Ali sempre muito elegante próximo ao café onde ela trabalhava, na Alemanha. A fotógrafa, que também fazia uns bicos como garçonete, convidou o turco e ele topou.

Confira mais fotos em What Ali Wore.
Espero que sintam-se inspirados! 🙂

Somos tão jovens!

Esse ano, o nosso cinema brasileiro vai continuar com tudo em cima com a estréia do filme Somos tão Jovens, com direção do Antônio Carlos da Fontoura e roteiro de Marcos Bernstein. Cinebiografia de Renato Manfredini Júnior, mais conhecido por Renato Russo, líder da banda de rock Legião Urbana e porta-voz da juventude brasileira nas décadas de 1980/90. O filme focará na juventude do vocalista, período anterior à formação da banda.

“Somos Tão Jovens” apresenta os primeiros acordes do mito Renato Russo e da turma do Rock Brasília, criadores de sucessos como “Que País é Este”, “Geração Coca-Cola”, “Eduardo e Mônica” e muitas outras músicas que marcam e transformam fãs geração após geração, iniciando a trajetória que a tornará a maior banda do Rock Brasil e Renato Russo o porta-voz da juventude urbana do país inteiro.

O filme estreará no dia 3 de maio (2013) em todos os cinemas do país.
Aguardando ansiosamente a estréia.

permita-se

Acho que em todos os relacionamentos que eu tive, nunca amei ninguém completamente. A admiração que eu tinha pelas atitudes é que falavam mais alto. Nunca deixei de fazer algo pra agradar alguém, acho que amor de verdade só existe de pai pra filho. Já gostei de muita gente, mas só quem eu fui capaz de amar mesmo foi a minha própria pessoa. Eu me gosto, eu me dou valor e sei o que posso ou não deixar de fazer, então eu me amando, não tenho com que me preocupar com o que vão achar. Eu me permito ser amado.

Felicidades ao casal.

Hoje, dia de festa, já são 31 anos de casamento, muitos deles, se não a maioria, com muito amor. Sou suspeito de falar sobre eles, afinal é o meu alicerce, minha fonte de felicidade, meus tesouros, onde deposito o mérito de todas as minhas conquistas. Hoje a festa é de vocês, mas quem ganhou o presente foi eu por ter vocês como meus pais. Temos nossas desavenças como toda família normal, mas nos amamos como se fossemos a unica família no mundo. Que Deus possa cobrir vocês de felicidade e amor, o resto a gente vai se virando. Feliz 31 anos de casamento. Amo muito vocês, painho e mainha ♥