InstaMessage, agora para Androidianos!

Acabou a espera, agora chegou a nossa vez! O InstaMessage chegou pra nós Androidianos. Não são apenas os que tês iOS que tem essa plataforma, nós que temos o Android também fazemos parte desse aplicativo internacional que serve para conversar com seus amigos que têm conta no Instagram.

O InstaMessage permite contato direto com usuários próximos ou alguém especial no Instagram, em privado! Quem adoraria conversar com alguém que estivesse no instagram e não fosse por comentários, agora tem essa possibilidade, pois não é apenas os amigos com que você pode conversar, além de poder conversar com alguém que tenha um perfil interessante, também é possível  descobrir usuários populares do InstaMessage e existe o mecanismo de recomendação. Ah, e não poderia deixar de comentar que também tem a ferramenta da “lista negra”, que serve para aqueles contatos que você não gosta muito de conversar.

Versão do app: 1.0.0
Atualizado em 21/11/2012
Tamanho: 1,47MB
Link para download: InstaMessage

Quem quiser me adicionar, é só acessar meu perfil: peahn

Anúncios

Fotos da semana

Passo a semana toda por blogs, flickrs, instagrans, e similares e a cada vez mais me apaixono por fotografias.  Fotografias simples me dão um ar de tranquilidade, de conforto. Existem aqueles estilos de fotografia analógica que não passa despercebida ao olhar de alguém apaixonado pela arte de fotografar, não é mesmo? Enfim, vou postar aqui a lista de algumas fotos que me deixam bastante encantado pela arte de fotografar. São elas:

Espero que tenham curtido as indicações da semana. Quem quiser visitar o meu flickr, é só clicar aqui nesse link. Até a próxima semana!

Indicação da semana

E para começar a semana com alto astral, separei pra vocês a lista de alguns vídeos de bandas que são ótimas para iniciar a semana de vocês.

Joyce Jonathan: é uma jovem e telentosa cantora que vem encantando o público com a pureza de sua voz e de seu violão. Aos dezesseis anos postou três músicas no Myspace tentando encorajar produtores a ouvi-la. Foi difícil, mas após muita insistência ela, finalmente, conseguiu uma audição. Resultado: ao ouvir a jovem os produtores ficaram encantados com a sua naturalidade e seu talento.

Tibério Azul: Um cantor do Recife que não deixo de ouvir uma música se quer durante o dia. (já falei dele aqui)

Edith Piaff: Uma das cantoras mais antigas fora a Janis Joplin, que adoro viajar em sua melodia francesa e simplicidade harmônica. Essa é a música que ouço repetidas vezes, vale a pena conferir!

Eliza Doolittle: Uma cantora bastante jovem (nascida em 15 de abril de 1988), ainda está em seu primeiro disco intitulado com seu próprio nome, nasceu no Reuno Unido e está ganhando o mundo com seu jeito hipster com a mistura de toques vintage, e uma simplicidade apaixonante.

Espero que tenham gostado das indicações de música da semana, espero também que ouçam os outros trabalhos dos artistas citados no post. 🙂

Viva!

Madrugada do dia 15/11/12, exatamente às 03:19 da manhã, estou acordado pensando em como comemorarei esse feriado da proclamação da república. Estou indo com a minha família à praia, correr na praia com meu cachorro, ouvir o barulho do quebrar das ondas, deitar sob o sol pra ver se consigo pegar aquela cor, leio e releio as páginas envelhecidas daquele livro que foi me dado como presente e agradeço a Deus por ter dado a minha vida de presente. Muitas pessoas aproveitam a vida se esbaldando em bebidas, jogos, drogas (já aproveitei boa parte disso), mas hoje nada melhor do que apreciar um bom ângulo da natureza, ver aquele caranguejo correndo do seu predador e se escondendo no buraco do chão da praia, vejo crianças correndo e brincando de pular ondas, vejo os senhores brincando com seus netos nas “piscininhas” que se formam no chegar e na saída da maré. Daí me vem a fome, do alimento, do conhecer de novas pessoas, de novos assuntos, de novas cores, de novos abraços (daqueles abraços que a gente não cansa de receber… Deus, que gostoso!), e me vem a vontade de gritar ao mundo como é bom viver, como é bom experimentar todos os sabores da vida, como é bom se apegar à natureza e esquecer dos problemas nem que seja por um simples dia, apenas o único instante em que temos direito pra fazer com que o colorido preencha o nosso dia. Estou aqui nesse exato momento só imaginando quais serão os momentos que contarei aos meus sobrinhos, netos, aos amigos que não pôde está comigo naquele determinado momento. E me bate aquela saudade que me rasga o peito por não está perto deles, sejam por morar em outra cidade, por questão de incompatibilidade de tempo ou até mesmo por conta daquele pai que é muito conservador e não deixa seu filho viver aquele instante que transformará toda a sua vida. Pode ser que achem que seja uma besteira viver arrodeado de amigos, que é perda de tempo, mas parando pra pensar, nada mais é do que o motivo maior de se poder sonhar, de se permitir viver, de se permitir amar. Termino aqui meu desabafo do momento. Vamos viver, seja por questão de permitir, de ser louco, de ser vivo!

De bike é bom pra alma e pros ouvidos

Hoje em dia vemos artistas “sulistas” ficarem conhecidos apenas por cantar um embaralhado de músicas e fazer sucesso, mas esquecemos de procurar alguém do nordeste mesmo, aquele tipo de artista que dá fome de ouvir mais e mais músicas. Eu, muito curioso que sou, acabei por descobrir por indicação de amigos, a Tibério Azul, uma banda de Pernambuco, com pouco mais de um ano da lançamento do seu cd “Bandarra” (clique aqui pra baixar) e produzido pelo Sunga Trio, for­mado por China, Chiquinho (Mombojó) e Homero Basílio.

“Bandarra” é o título de 10 canções inéditas do jovem… Um mix memorável de regionalismo, rock, música orgânica e muita, muita poesia.  É uma obra musical sem unidade perceptiva… Ela pode parecer lúdica para alguns e natureza para outros. Os metais vivos da canção Veja Só é de colorir qualquer espaço em branco e por sinal é a música mais linda e que mais gosto dentre todas. Lá em Casa é um primor de poesia vital, pra cantar e lembrar dos momentos eternizados pelos sorrisos que estarão pra sempre em nossa memória. Vamos ficar sol é aquele tipo de música que dá vontade de ouvir mais e mais vezes na companhia de quem a gente gosta e também a música Trabalho é ótima pra se ouvir no caminho do trabalho, nada melhor do que ouvir a Tibério Azul no início e no final do dia.

Para mais informações sobre o trabalho da Tibério Azul, acessem o site deles.
Espero que curtam a indicação dessa semana! Fiquem com Deus 🙂

Qual caminho escolher? Direita ou esquerda?

Tudo se resume apenas na musica quase sem querer do Legião Urbana, mas pra quem não entende, acompanha aqui o meu raciocínio: A gente escolhe uma pessoa pra dividir as nossas dores mas a gente sempre pensa que nunca irá perdê-la. Pode ser amores, familiares ou até mesmo amigos. A gente acha que por ter sempre por perto nunca se afastará muito de você, até que chega a hora que você o perde sem nem ao menos notar. Algumas pessoas têm a mente infantil, não amadurecem com tanta facilidade assim, isso seria influência dos amigos? Pelo meu ponto de vista não, isso é determinação pra querer a mudança, isso é querer se auto-ajudar, não queira o famoso clichê de que “só se dá valor quando perde”. Encare o óbvio, preste atenção nas dicas que o dia-a-dia dá, se auto critique, quem sabe essa não é a verdadeira questão em jogo? Ame as pessoas como se não houvesse o amanhã, se ame e deixe o sentimento te transbordar.

Inspirações

Eu, apaixonado por fotografia e curioso sobre esse tema, decidi incrementar mais ainda a minha páginas com algo sobre a fotografia. Uma vez por semana irei indicar um estilo de fotografia e a dessa vez mostrarei o estilo que mais gosto de ver, que é a lomografia/lomography. Para quem não entende o que é a lomografia, procurei no nosso melhor amigo, o google, o que se é mais a fundo a lomografia:

Lomografia é a fotografia feita com uma câmera Lomo, máquina analógica fabricada na Rússia nos anos 80 com alta sensibilidade, que proporciona cores vibrantes e saturadas, sem uso de flash. O estilo lomo de fotografar contraria boa parte da lista de obrigações que todo fotógafo leva em consideração, incluindo enquadramento e foco. A ideia da lomografia é justamente a de deixar as técnicas de lado e clicar. Quem pratica a arte da Lomografia gosta de diversão. É um movimento artístico que prega a liberdade na hora de registrar imagens. O cotidiano é o foco central.
Fonte: TechTudo.



 

Espero que gostem da inspiração da semana. No decorrer das semanas postarei mais inspirações. 🙂