ToyCamera, para os amantes da lomografia

Conheci a toycamera analogcolor navegando em blogs de fotografia, foi a partir daí que eu comecei a me apaixonar por aplicativos de fotografia e câmeras analógicas. Ainda não tenho a minha, mas pretendo comprá-la o mais breve possível, pra suprir as minhas necessidades sobre a lomografia.

Lomografia é um fenômeno fotográfico que é produzido por uma câmera automática, de alta sensibilidade, capaz de registrar cor e movimento sem necessidade de flash e sem deformação.

Por ser curioso, encontrei esse aplicativo que pode ser baixado para o computador para ter uma noção do efeito que uma lomografia pode ser feita.

Para baixar o programa, é só clicar aqui.

Anúncios

meu orgulho de ser mossoroense

O Sistema Fecomércio Sesc Senac Paraná e a Prefeitura de Jacarezinho, valorizando e estimulando a produção na área da cultura, em 2006, reeditaram e relançaram o Festival Jacarezinhense da Canção (Fejacan). Durante dois dias, músicos e intérpretes de diversas regiões do país apresentam composições de qualidade e performances lítero-musicais, que envolvem várias expressões da diversidade cultural brasileira. O Fejacan desenvolve o papel de oferecer espaço privilegiado para a música local e ainda levar à região Norte Pioneiro, músicos de todo o Brasil. Dessa vez quem irá participar é a artista da minha terra, a Elizabeth Freitas (já comentei sobre ela aqui no blog), que irá defender o nosso estado apresentando suas músicas do trabalho do primeiro cd “letras, versos e canções” lançado no final do ano de 2011. Hoje, irei fazer uma pequena entrevista para poder conhecer mais sobre ela e sobre o seu trabalho.

1. Qual idade começou a pensar em ser cantora? Aos 12 anos ganhei um radinho da minha avó, comprei uns CDs nacionais e internacionais, e comecei soltar a voz. Aos 16 anos me ofereci pra cantar em uma banda de Pop Rock na escola chamada TNT, e até então quando subi ao palco pela primeira vez, me apaixonei pela música e não parei mais.

2. Qual idade começou a compor? Quando pequena gostava de escrever poesias, contos e versinhos, mas o talento pra composição de canções veio também aos 16 anos, quando comecei a aprender a tocar violão. Hoje já conto com o repertório de mais de 100 canções autorais, todas musicadas, e mais de 50 poemas e pensamentos.

3. O que inspirou você a cantar? Eu não costumo ter uma referência especifica para uma inspiração que me fez cantar, pois eu curtia todos os estilos musicais, desde a música eletrônica, passando pelo Rock, Reggae, MPB, e uma infinidade de ritmos, mas sempre gostei muito do estilo internacional, tipo The Cranberries e Colbie Caillat, e da música brasileira eu curtia Adriana Calcanhotto, Mallu Magalhães, Natiruts, sempre estilos alternativos.

4. Qual estilo de música mais gosta de ouvir? Não tenho um preferido, mas eu escuto muito do Reggae nacional e internacional, e escuto muitas canções internacionais no estilo mais relax, como Coldplay e Sara Bereilles, gosto muito do Rock mais pesado, do MPB, Pop, Folk e Indie.

5. Quais os projetos que pretende lançar no futuro? Em dezembro de 2011 lancei o meu primeiro CD intitulado “letras, versos e canções”, com 12 canções autorais, e agora em 2012 lancei dois vídeos clipes, o primeiro foi “Eu, você o reggae e o mar” e o segundo foi em homenagem à cidade de Mossoró chamado “Terra boa, meu xodó!”. No inicio de 2013 quero começar a gravar meu segundo disco, será com 15 canções bem divertidas, e quem sabe no final de 2013 dê tudo certo pra eu lançar o meu primeiro DVD. Quero continuar participando de festivais de compositores no Brasil.

6. Qual a expectativa do seu trabalho em sua cidade? Está cada vez melhor, Mossoró está conhecendo, aos poucos, o meu trabalho. Faço shows na noite, em barzinhos, hotéis, eventos, e a recepção tem sido muito boa, muitos elogios. Quero que Mossoró me conheça como artista da terra, como compositora da terra, e que o meu trabalho autoral sirva de inspirações para outros artistas que não tiveram a coragem de expor os seus trabalhos ainda.

7. Qual dica você pode dar pra quem está começando agora? Pra quem está começando agora na música a minha dica é a de aprender um instrumento musical, seja qual for, pois melhora muito a sua percepção musical, e outra dica é de não desistir do seu sonho, pois realmente viver da música não é fácil, você tem que aprender a escutar o sim e o não, e nunca se deixar abater pelas criticas, deve sempre procurar defender o seu trabalho e fazer dele um sucesso.

8. Quais as novidades em 2012? Nos dias 08 e 09 de novembro vou representar o estado do RN no Festival Jacarezinhense da Canção (Fejacan), que acontece na cidade de Jacarezinho no Paraná, como forma de promover intercambio cultural. Compositores do Brasil inteiro irão apresentar no total 28 canções no festival, e destas duas canções são minhas “Eu, você o reggae e o mar”, o único reggae do festival, e “Dois” um Pop Rock bem romântico. É um orgulho poder sair de Mossoró para outro estado pra defender o meu trabalho autoral. O evento é promovido pelo SESC Paraná, e o encerramento do evento será com o artista Guilherme Arantes.

* Link pra baixar o cd: www.mediafire.com/?1tqg4dchce47078
* site pessoal: www.elizabethfreitas.wix.com/site
* canal no youtube: www.youtube.com/user/elizabethmusicas
* contatos para shows: (84) 8836-2023

Esse é o mundo que ainda me resta

Acho lindo esse pouco de romantismo que anda por aí, o mundo ainda está repleto de coisas simples e bonita, basta se concentrar pra encontrar sentimentos puros pelas ruas. Olhá lá aquele casal apaixonado trocando olhares onde não é permitido, olha aquele cidadão ajudando aquele senhor a atravessar a rua, veja aquele bebezinho sendo aninhado pela sua mãe, vê só a alegria daquela criança por saber que o natal está chegando e terá o seu presente deixado pelo papai noel só por ter sido uma boa criança o ano todo. E ainda existe gente que fala que ninguém sabe mais amar? Pô amigo, fala sério, né? Se você continuar com esse coração rancoroso, duro, trancado… você nunca será capaz de enxergar com os olhos do coração, vai ao oculista, brinca de ser idiota às vezes, tire um dia só pra você mesmo e se dê por inteiro à natureza. Bom, não vou ficar aqui reclamando, vou ali brincar com aquele beija-flor que brinca de rosa em rosa apenas pra distribuir seus encantos, ganho bem mais. Um beijo para você, que é uma excessão não só no mundo, mas para alguém também.

Encantos…

Navegando por entre os tumblrs que eu sigo sim, também tenho um: sharehere  me deparei com alguns que ainda valem à pena ver todos os dias. Temos o Verborragias que não me canso de olhar todos os dias, me sinto com uma paz enorme e o dia tranquilo, sem falar com os fundos musicais e trechos dele mesmo e de outros autores que também adoro ler.


Também não devo deixar de comentar aqui o da Jéssica Barreto que foi um dos primeiros que eu segui e que até hoje tem valido a pena, tem me dado um enorme bem estar de acompanhar os seus versos descritos com muito amor.


Caso queira acompanha-los pelo facebook, estão aqui os links: Igor Pereira/verborragias e Jeu Barreto/Entre Aspas.

 

Tudo o que você deve saber sobre:

E hoje o post irá falar sobre a minha nova mania sobre músicas, vídeos, clipes e quem sabe o mais breve possível, show. Irei falar hoje sobre a Clarice Falcão. Ela, com apenas 22 anos (sim, nascida em 23 de outubro de 1989), foi capaz de encantar não só a mim, mas também a quase todos que ouvem a música dela.
Tão nova assim e já tem prêmios reconhecidos no mundo inteiro, como por exemplo o primeiro lugar no concurso mundial realizado pela Google, denominado Project Direct, promovido pelo YouTube, também venceu vários outros curtas estrangeiros e que o dela foi exibido no Festival Sundance de Cinema.

Imagem

Mais recentemente, Clarice foi responsável pela música no filme Apenas o Fim, re-adaptou, junto a Matheus Souza, a peça Confissões de Adolescente para uma nova montagem que também contara com ela no elenco, e, atualmente, faz parte do elenco de Vendemos Cadeiras, programa humoristico do Multishow, no qual atua com o namorado, Gregório Duvivier.

Imagem

Bom, é isso.. Dentro de alguns dias postarei mais sobre a Clarice, pois em breve ela estará completando as suas 23 primaveras, mas deixarei pra você o vídeo que mais gosto do cd dela. Abraços.

Mil e uma noites no país de Mossoró

Olá, estou ha um tempinho sem postar coisas sobre como se divertir em Mossoró, a faculdade me tira um pouco o tempo que tenho para poder escrever e postar aqui no blog. Eu já cansado de ir todos os sábados para os mesmos lugares, decidi arriscar conhecer um novo ambiente, super agradável e com um ótimo atendimento que vale a pena conferir.

Pude conhecer com pessoas que gosto, um novo ambiente que pretendo ir bem mais vezes e poder provar mais os pratos, os preços são ótimos, cabem no bolso de qualquer um, mas só em conhecer a Lúcia (libanesa, proprietária e ela mesmo que atende nas mesas), super gente fina, agradável, bem comunicativa e faz com que a gente se sinta em casa lá. Super gente fina também o seu esposo que também é libanês, mas já faz um bom tempo (20 anos se eu não me engano) que já moram no Brasil. Escolheram vir à mossoró às cegas e já estão aqui há pouco menos de um ano e se depender do atendimento do sábado, irão fidelizar muitos clientes.

Os pratos variam desde esfihas, passando por kibes, e pude conhecer o verdadeiro pão árabe, que não é nada parecido com o que comemos por aqui. É uma massa super fina que vem acompanhada de queijo, tomates, alface, kafka (um tipo de amburguer mais saudável) que cai numa boa companhia de um suco natural. Ah, também não posso deixar de comentar que lá também eles alugam o narguilé, caso não conheçam, é um tipo de cachimbo de água utilizado para fumar. Você escolhe a essência e fica à vontade pra desfrutar um pouco mais da cultura árabe. Eu experimentei a de melão, espero também experimentar outros sabores. Custa apenas R$ 15,00 o aluguel do narguilé e você também tem que ser maior de 18 anos pra poder usar. Mas não se preocupem, falei com o proprietário e mesmo me falou que não influencia nada na hora de dirigir, podem ficar tranquilos.

Lembrando que também às sextas-feiras têm noite temática com danças árabes, sendo que excepcionalmente essa sexta (19/10) ocorrerá a partir das 22hs e nas próximas sextas a partir das 20:30hs.

Serviço:
Ki Esfiha
Rua Dr. Francisco Ramalho, 115 – Centro. Ao lado da igreja são vicente (aquela de lampião).
Telefone: (84) 3317.5277 (aceitamos encomendas).